2

Vandoma





Rumo à vandoma de carro cheio tinhamos a esperança de vir a vender tudo o que nos está a ocupar espaço.









Os nossos vizinhos e amigos guardaram-nos um lugarzinho debaixo da ponte e ficamos situados na rampa da rua das corticeiras mesmo ao lado de uma enorme janela que dava para o rio e para o outro lado (Gaia).



















Ao princípio estavamos tímidos mas ao decorrer das vendas e com alguma ajuda da D. e do S. lá fomos ganhando a "lábia"!

No fim já estava eu a tentar regatear por um robe de um tecido lindo com um padrão de flores ainda mais lindo... e consegui-o por 50 centimos (a senhora queria vender por 1.50!!) :)
















Voltamos para casa contentes, com metade da tralha no carro, um pouco mais pesados na carteira.

E eu com uns tecidos novos e muitas ideias também.

2 comments:

Filha do Vento disse...

eh bem boa tás feita uma feirante! BEIJOS

kitty-san disse...

Enaaa, a Vandoma, que saudades, até pensei que já não fizessem! Eu sou fanática aqui pela nossa Ladra e já guardo muitos tesouros!