5

Nas nuvens...








Os melissa são uma perdição. Só tem um senão, na minha opinião: são de plástico.



Como é que é possivel uma marca brasileira comercializar sapatos de plástico? Lá não faz mais calor que aqui?



A senhora da loja assegurou-me que era a colecção de verão. Torci o nariz.. assim almofadados?



Mas não resisti ao modelo. E ainda por cima era o meu numero.





Quanto à colecção de Verão vai passar a ser de todo o ano menos de verão.





O chão que piso é da minha casa de banho.

São uns azulejos que apesar de já meios gastos do uso fazem-me lembrar a minha infância.

Perdia-me a olhar para o chão a imaginar o céu.






5 comments:

Carla disse...

Eu tenho a mesma opinião. Para mim, a melhor altura para usar estes sapatos é em dias de chuva ; )

Eu adorava a nossa casa de banho, adorava o chão, e podia passar horas a olhar para ele que cada vez mais me convencia de que estava mesmo a olhar para o céu!
Coisas de criança...

pu pu pi tu disse...

o que gostava mesmo era do tecto do quarto da inha avó... tinha um céu pintado, muito bem pintado... acho que o meu fascínio pelo céu, pelas nuvens em particular vem daí, do quarto da minha avó.
se eu conhecesse alguém que pintasse muito, muito bem, pagava para que pintassem de céu o tecto do meu quarto...

gasolina disse...

Adorei a perspectiva das fotos!
Desculpa... mas dos sapatos nem um pouco e então de plástico nem pensar!

Viajei pelo teu blog, agradou-me a forma diarista com que o tratas e os temas abordados. Boa escrita e irrepreensivel ortograficamente, coisa rarissima nos dias de hoje.

Li que estavas em mudanças. Só te posso desejar que sejas feliz em qualquer lugar do mundo, que procures sempre mais pois aí está qualidade maior que denoto nas tuas linhas.

um beijo

Lou* disse...

pu pu pi tu:
Até hoje não cheguei a ver uns azulejos, assim a imitar o céu, como aqueles.
Não sei se os há. Mas gostaria muito de os encontrar para poder tê-los, outra vez na minha casa de banho :)

Essa ideia do tecto também é uma boa ideia.

gasolina:
Obrigado pelos elogios.

É bom saber que esses pequenos pormenores evindenciam-se.

Este blog transformou-se quase num diário e num exercício de escrita.
Tento sempre ter uma escrita cuidada a todos os níveis. Nem sempre consigo. Mas tenho um dicionário sempre ao lado e leio e releio vezes sem conta.

É verdade que estou sempre em movimento e é verdade que procuro sempre mais.
Não imaginava ser assim tão perceptível.

Costumo visitar o teu cantinho. Gosto de te ler e vou continuar a fazê-lo.

nice disse...

WOW!!!!!